quarta-feira, 5 de novembro de 2014

A linhaça pode ser encontrada nas formas de semente, farinha e óleo. É rica em ômega 3, que traz vários benéficos à imunidade e tem também o efeito conhecido como anti-inflamatório. O ômega 3 é mais encontrado em peixes, como salmão e sardinha, mas ainda não é muito consumido pela população, principalmente na nossa região.

Existem dois tipos de linhaça:

- Linhaça marrom: produzida em climas quentes e com agrotóxicos.

 Linhaça dourada: produzida em climas frios e sem a presença de agrotóxicos.

A região Sul produz bastante linhaça. Houve épocas em que ela era somente importada, por isso era mais cara e não tinha tanta procura. Eliseu Jacomini é comerciante e na sua loja de produtos naturais a linhaça tem uma grande procura. “Há dez anos as pessoas sequer sabiam o que era linhaça. Hoje, se fizermos uma enquete, mais de 80%, 90% pelo menos já ouviu falar”, comenta. Ele diz que o preço é bem acessível, pois o quilo custa menos de 20 reais. E, como o consumo por dia não é muito (duas colheres são mais que suficientes), então, com 10, 15 reais é possível passar um mês consumindo linhaça.

É preciso um cuidado quanto ao consumo, porque o excesso pode tirar o efeito positivo. O ideal é comprar a semente e triturar, pois o efeito é melhor no organismo. Mas é preciso ter muito cuidado com o armazenamento. O recomendado é guardar num frasco fechado e que fique em um lugar onde não tenha luminosidade, ou acondicionar na geladeira.

Bom para o coração

Existem algumas controvérsias sobre isso. É um fato que o ômega 3 é uma gordura poli-insaturada que atua reduzindo os níveis docolesterol LDL (ruim) e aumentando os de HDL (colesterol bom). Porém, as frações responsáveis por isso são o ácido eicosapentaenoico (EPA) e o ácido docosahexaenóico (DHA), duas frações desse ácido graxo mais encontradas nos peixes, como o salmão. As fontes vegetais de ômega 3 são ricas em ácido alfalinoleico (ALA), que segundo algumas pesquisas, não tem esse efeito. Porém, existem evidências que o nosso corpo pode converter ALA em DHA e EPA, portanto ele pode trazer sim esse benefício. 
Mas o que tudo isso tem a ver com a saúde do coração? É simples! Quanto temos níveis a mais de LDL circulando pelo nosso organismo, é mais fácil que placas de gordura se depositem em nossas veias e artérias, uma condição chamada de aterosclerose. Isso atrapalha a passagem do sangue, resultando no aumento da pressão arterial e provocando infarto e até AVC.




0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.

EBOOK DIETA CETOGENICA

Comprar Agora

Ajude nosso projeto

FANPAGE

Postagens Populares

Follow by Email