segunda-feira, 11 de abril de 2016

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde) em 2014 o numero de pessoas com diabetes em todo o mundo quadruplicou em relação ao ano de 1980, quando esses números eram apenas 108 milhões.
As causas mais prováveis se dão pelo sobrepeso e obesidade.
O diabetes é uma doença crônica silenciosa que traz grandes problemas para a saúde de seus portadores, no brasil cerca de 15 milhões de pessoas são diabéticos.



DIABETES TIPO 1

No diabetes tipo 1 o pâncreas não produz insulina (hormônio responsável por colocar a glicose dentro da célula) sem insulina todos os carboidratos ingeridos em uma refeição, e absorvidos pelo organismo como glicose não terão como chegar as células pra lhes fornecer energia.
No diabetes tipo 1 a pessoa precisa tomar insulina injetável para que essa glicose chegue até as células.
A dosagem de insulina aplicada deve corresponder a quantidade de carboidratos ingeridos, por isso os diabéticos no tipo 1 devem ficar de olho, e contabilizar o que comem,  justamente pra não exagerar na insulina, e ao mesmo tempo aplicar uma dosagem baixa.
O diabetes tipo 1 afeta cerca de 5 à 10% de todos os diabéticos.

DIABETES TIPO 2

O diabetes tipo 2 é o mais comum afeta cerca de 90% dos casos sendo um pouco diferente do tipo 1, nesse caso, o pâncreas produz insulina, mas, a insulina produzida não consegue colocar toda a glicose dentro da célula, (resistência insulínica) isso pode acontecer por exemplo, por excessos de carboidratos principalmente carboidratos refinados como: pães, massas, doces, bolos etc
Em algumas pessoas a pouca produção de insulina pelo pâncreas, sendo assim, a insulina não é suficiente a acaba aumentando a concentração de glicose no sangue, nestes casos o paciente precisa de usar insulina para compensar ou medicamentos específicos para cada caso.

Nos Estados Unidos quase 50% está diabético ou com pré diabetes isso corresponde a quase 120 milhões de pessoas e o interessante é que, o diabetes está quase sempre relacionado a obesidade, e os Estados unidos são os campeões de obesidade no mundo.


SINTOMAS DO DIABETES.

Infecções frequentes. Alguns exemplos são bexiga, rins, pele e infecções de pele
Feridas que demoram para cicatrizar
Alteração visual (visão embaçada)
Formigamento nos pés e furúnculos
Vontade de urinar diversas vezes
Fome frequente
Sede constante.

DIAGNÓSTICO



A Sociedade Brasileira de Diabetes recomenda como critério de diagnóstico de diabetes tipo 2 as seguintes condições:
  • Hemoglobina glicada maior que 6,5% confirmada em outra ocasião (dois testes alterados)
  • Uma dosagem de hemoglobina glicada associada a glicemia de jejum maior que 200 mg/dl na presença de sintomas de diabetes
  • Sintomas de urina e sede intensas, perda de peso apesar de ingestão alimentar, com glicemia fora do jejum maior que 200mg/dl
  • Glicemia de jejum maior ou igual a 126 mg/dl em pelo menos duas amostras em dias diferentes
  • Glicemia maior que 200 mg/dl duas horas após ingestão de 75g de glicose.
É importante fazer esses exames regularmente, junto com o seu check-up médico. Isso porque o diabetes tipo 2 pode demorar para apresentar sintomas.



0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.

EBOOK DIETA CETOGENICA

Comprar Agora

Ajude nosso projeto

FANPAGE

Postagens Populares

Follow by Email